3 diferenciais de um bairro planejado de forma sustentável

Tempo estimado: 4 minutos

Um bairro planejado de forma sustentável é a solução para uma das maiores preocupações das gerações atuais em relação às gerações futuras: a preservação do meio ambiente. Este modelo de planejamento está sendo, cada vez mais, adotado pelos empreendimentos atuais em virtude da alta demanda por sustentabilidade em todos os setores. Saiba mais neste artigo!

Baseando-se nos princípios do novo urbanismo, os bairros planejados auxiliam na conquista de um planeta mais sustentável, agindo de forma mais consciente em todos os aspectos da vida cotidiana das cidades e impactando diretamente na qualidade e no estilo de vida dos seus moradores.

Pensando na importância disso, neste mês do meio ambiente resolvemos listar os 3 principais diferenciais de um bairro planejado de forma sustentável. Confira!

1 – Vida sustentável

Em 2022, completam-se 50 anos da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, também conhecida como Conferência de Estocolmo. O evento, que aconteceu neste mesmo período, em 1972, na capital da Suécia, elegeu o dia 5 de junho como o Dia Mundial do Meio Ambiente. Este ano, o evento retornará ao país onde tudo começou, abordando o tema “Uma Só Terra”, com foco em “vida sustentável em harmonia com a natureza”.

A vida sustentável é, na verdade, um estilo de vida que busca diminuir o consumo de recursos naturais do indivíduo, assim como da sociedade como um todo. Mas, então, como o bairro planejado se enquadra nesse estilo de vida?

Bairros planejados de forma sustentável usam menos recursos naturais na sua construção quando priorizam materiais recicláveis e promovem o estilo de vida sustentável através da sua arquitetura e do seu planejamento, tornando os hábitos saudáveis e o cuidado do meio ambiente algo natural e prático para as pessoas que vivem nesse espaço.

Por isso, o estilo de vida sustentável é uma das principais vantagens de viver em um bairro planejado.

2 – Mobilidade urbana

A falta de planejamento urbano causa a necessidade de usar meios de transporte poluidores e individuais diariamente. No Brasil, principalmente em grandes cidades, as distâncias são muito grandes para serem percorridas a pé, o que resulta na criação de “bairros dormitórios”, que se caracterizam por não haver opções de serviços e comércio por perto.

A pouca integração entre casa e trabalho é feita de maneira a despromover a vontade de morar nessas regiões, pois muitas vezes são poluídas visual e sonoramente, além de serem mais perigosas e menos agradáveis. Dessa maneira, as cidades e bairros não planejados acabam não sendo práticos e desestimulam hábitos de vida saudável, como o deslocamento por meios de transportes verdes, por exemplo.

Por isso, um bairro planejado de forma sustentável tem a mobilidade urbana como peça fundamental na sua estrutura. Esses bairros priorizam a não utilização exagerada de automóveis no dia a dia e promovem uma vida mais saudável para o indivíduo, através dos seus espaços pensados para pedestres e a acessibilidade.

Isso, é claro, também impacta positivamente o meio ambiente, pois são bairros planejados para que tudo esteja a uma caminhada – ou a algumas pedaladas – de distância, diminuindo a necessidade do uso de carros, motos e, por consequência, descongestionando ruas e poluindo menos o meio ambiente.

3 – Saúde e bem-estar

A saúde e o bem-estar são direitos essenciais, bem como o direito à vida. O meio em que vivemos interfere diretamente no exercício desses direitos, promovendo ou despromovendo-os, ao longo do tempo.

Faz parte da saúde vital a liberação de endorfina no cérebro, hormônio responsável por promover a sensação de recompensa e bem-estar. Esse hormônio pode ser liberado desde simples caminhadas até exercícios físicos regulares e mais intensos. 

Além disso, caminhar ao sol também estimula a produção de vitamina D, responsável por inúmeras funções no nosso organismo. Tudo isso junto melhora a saúde completa do corpo, diminuindo o risco de doenças e melhorando a qualidade de vida.

Os bairros planejados são fruto do pensamento novo urbanista, que entende a influência que o ambiente externo tem sobre a vida humana e, por isso, planeja maneiras sustentáveis de criar o ambiente mais propício possível para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Por esse motivo, espaços ao ar livre, priorização do pedestre e a beleza dos passeios são tão importantes nesse planejamento. São eles que promovem e estimulam a vida saudável. Mas para que isso seja possível, a natureza tem função importante que agrega valor e facilidades ao planejamento como um todo. Por isso, o equilíbrio entre meio ambiente e planejamento urbano é fundamental.

Cidade Criativa Pedra Branca: o bairro planejado de forma sustentável

Em 2005, nós da Cidade Criativa Pedra Branca passamos a levantar as bandeiras do novo urbanismo e do urbanismo sustentável. Logo com a sua construção, o nosso bairro planejado se tornou uma referência, nacional e internacional, de planejamento sustentável e inclusivo, promovendo e priorizando a qualidade de vida dos seus moradores.

Ao aliar moradia, trabalho, estudos, lazer e incentivar hábitos de vida saudável através dos espaços públicos de convívio ao ar livre e das suas ruas convidativas, a Cidade Criativa Pedra Branca se tornou a escolha ideal para quem também prioriza a sustentabilidade e busca por tranquilidade, praticidade e segurança no dia a dia.

Quer saber mais sobre como é morar em um bairro planejado de forma sustentável? Conheça o site da Cidade Criativa Pedra Branca!

Leia também:

Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Continue nos acompanhando, até logo!

Categoria:
Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.