1 /3

Lançamento marcou a celebração dos 20 anos do bairro, referência internacional em urbanismo sustentável

O Reserva Pedra Branca, o melhor condomínio de lotes de Santa Catarina, foi lançado em agosto deste ano pela Cidade Pedra Branca. Com 275 mil metros quadrados de área, o empreendimento residencial tem 30 mil metros quadrados de área verde, clube completo e dezenas de espaços de lazer ao ar livre. Cercado pela natureza exuberante da região,  tem, como grande atrativo, uma praia artificial e lagos ao longo do empreendimento, especialmente projetados para contemplação e para a prática de atividades esportivas. “No Reserva, 55% das casas estarão de frente para a água. É como ter a natureza na janela e a praia no quintal, ao lado cidade”, afirma o empresário Marcelo Gomes, diretor da Pedra Branca.

O empreendimento está localizado no bairro Cidade Criativa Pedra Branca, em Palhoça, uma ‘cidade’ completa, que oferece a possibilidade de morar, trabalhar, estudar e se divertir ao alcance de uma caminhada. Isto porque o bairro integra universidade, escolas, centenas de empresas – indústrias, comércio e serviços, dos mais diferentes segmentos – e diversos espaços de lazer. Além disso, concentra dezenas de opções de bares e restaurantes no Passeio Pedra Branca, maior polo gastronômico da cidade e importante destino de compras e lazer da Grande Florianópolis, frequentado pelas 30 mil pessoas que atualmente circulam no bairro, entre moradores, estudantes e trabalhadores.

Esta característica, base do chamado Novo Urbanismo, faz a Cidade Criativa Pedra Branca ser referência internacional em urbanismo sustentável, com diversas premiações recebidas há mais de uma década. “Em 2009, o projeto foi selecionado pela Fundação Clinton e pela organização C40 para fazer parte de um grupo seleto, do programa Clima Positivo, de 18 projetos ao redor do mundo para dar o exemplo de construção de bairros sustentáveis”, destaca Marcelo Gomes.

Inovação e qualidade de vida

Proporcionar bem-estar e qualidade de vida a seus moradores. Essa foi a principal bandeira defendida desde o início do planejamento do Reserva Pedra Branca. O empreendimento nasce com o DNA de inovação e sustentabilidade da Cidade Criativa Pedra Branca, planejado por especialistas em urbanismo, arquitetura, paisagismo, marketing e inteligência imobiliária, em parceria com moradores e usuários do empreendimento.

“O projeto partiu da premissa de se apropriar da área onde está localizado o empreendimento, potencializando os atributos da região, desde as questões de topografia, a relação com o entorno e os visuais da paisagem natural. Lagos foram criados para dar solução que permitisse boa drenagem e contribuísse, também, para o enriquecimento da paisagem”, explica o arquiteto Giovani Bonetti, um dos titulares do escritório ARK7, responsável pelo projeto urbanístico e, também, do clube do Reserva Pedra Branca. Ao seu lado, na ARK7, estão os arquitetos Leandro Rotolo, Adriano Kremer, Silvana Carlevaro e Marcos Jobim.

O Clube totaliza 13 mil metros quadrados de área, com diversos espaços exclusivos em opções para o lazer, para a realização de eventos de diferentes formatos e para a prática de atividades esportivas. Estão planejados campo de futebol, quadras de tênis, quadras de areia, piscinas, sauna, brinquedoteca, playground externo, academia ao ar livre, salão de festas, espaço gourmet, entre outros.

A equipe de planejamento do Reserva Pedra Branca foi integrada, ainda, pela arquiteta Juliana Castro e pela engenheira Clarice Wolowski, sócias da JA8 Arquitetura e Paisagem, responsável pelo projeto de arquitetura paisagística do empreendimento. E contou com a consultoria especial da Keystone Design Development Group, empresa norte-americana especializada em projetos do Novo Urbanismo, comandada pelos arquitetos e urbanistas argentinos Maximo Rumis e Marcela Leiva. Fundadores e diretores do DPZ Latin América, eles vêm contribuindo com a Cidade Pedra Branca desde o seu nascimento nas chamadas ‘charretes’, metodologia para construção coletiva de projetos adotada pela Pedra Branca para todos os seus empreendimentos.

“A Keystone participou de uma charrete para validação e, após esta charrete, entrou com várias inovações que contribuíram muito para a versão final do projeto, como a qualificação das áreas de interesse comum, praças, piazzetas e intervenções pontuais bastante importantes”, explica Giovani Bonetti. No planejamento da infraestrutura, o grupo considerou preceitos já consolidados na Cidade Criativa Pedra Branca, como o de ruas compartilhadas, rede de distribuição de energia subterrânea, rede de gás natural, rede coletora de esgoto, dentre outros itens de sustentabilidade.

O planejamento do Reserva Pedra Branca envolveu, ainda, a consultoria específica da Cia. Inteligência Imobiliária. “A demanda das famílias está mudando; com núcleos menores e mais diversidade. Isto exige flexibilidade dos produtos e personalização. Somente os produtos realmente inovadores e especiais de acordo com esse novo mercado estão sendo vendidos”, ressalta Marcelo Gomes. Para Giovani Bonetti, o diferencial de todo esse planejamento do Reserva Pedra Branca é a nova “abordagem urbana” que o empreendimento apresenta, mas totalmente conectada com o bairro. “Inovando sempre, o que, na verdade, é o princípio que a Pedra Branca carrega em seu DNA”, enfatiza.

Comentários