As grandes cidades se desenvolveram de maneira desordenada. Em decorrência disso, muitos problemas têm tornado as cidades pouco eficientes e inseguras. Isso pode ser amenizado com pequenas ações que encantam e tornam a infraestrutura do cenário urbano mais humanizada. Esse é um dos principais motivos que fazem com que as gentilezas urbanas estejam cada vez mais em evidência nas cidades inteligentes.

Gentilezas urbanas são ações e iniciativas urbanísticas que visam ressignificar o ambiente urbano, promovendo um convívio maior entre as pessoas a partir da criação de espaços urbanos atrativos e seguros. Empreendimentos que dispõe de funcionalidades que facilitam a rotina de moradores e visitantes e melhoram o bem-estar costumam adotar ações de gentilezas urbanas, como por exemplo: ruas e calçadas largas, parques, canteiros e acesso a infraestrutura de lazer como quadras poliesportivas, ciclovias, entre outros.  

Conheça exemplos de gentilezas urbanas que ajudam a criar um espaço público atraente e seguro que pode ser usado tanto por moradores do local quanto por visitantes.

Exemplos de gentilezas urbanas 

Mobilidade urbana ativa

Ativar a vida nas calçadas possibilita que as pessoas andem por ruas mais verdes, arborizadas e frequentem espaços urbanos mais aconchegantes. Para isso, é essencial adequar as vias para priorizar pedestres e ciclistas, assim como investir na revitalização de áreas verdes. 

Incentivo a vida em comunidade

O conceito de “olhos na ruas”, cunhado pela urbanista Jane Jacobs defende a humanização das cidades a partir da criação de ruas largas e atrativas para o convívio da comunidade. Para ela a melhor vigilância é social, ter pessoas ocupando os espaços públicos é uma das formas mais eficientes de tornar as cidades mais seguras.  

Promoção da saúde e bem-estar

Gentilezas urbanas são iniciativas voltadas para a melhoria da qualidade da vida urbana, contribuindo para promoção da saúde e bem-estar. Nesse sentido, os espaços públicos são planejados levando em conta os desejos, interesses e necessidades das comunidades locais, proporcionando acesso à opções de lazer e entretenimento que contribuem para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. 

Arquitetura sustentável

A arquitetura sustentável incorpora elementos da natureza que ajudam a deixar a paisagem mais agradável e colorida. Além disso, adota inovações que contribuem para minimizar os impactos ambientais desse tipo de empreendimento. Ao contrário do conceito de condomínios fechados com muros altos que são considerados hostilidades urbanas, esse modelo de projeto arquitetônico promove a utilização inteligente do espaço urbano e de recursos naturais. 

Conheça a Cidade Criativa Pedra Branca e os benefícios de morar em um bairro planejado que dispõe de gentilezas urbanas. 

Comentários