1 /3

Com a ampliação, rede atinge 15 quilômetros de extensão, adequada para passeios e para exercícios mais intensos.

Em passeios, deslocamento ou atividades físicas, a bicicleta sempre teve presença marcante no bairro Cidade Pedra Branca, em Palhoça. A topografia plana, as ruas compartilhadas, a exuberância da paisagem natural e a concentração de um variado mix de produtos e serviços favoreceram o uso da bicicleta desde o início do planejamento do novo centro de bairro, há uma década. E essa prática vem se intensificando nos últimos anos com a ampliação e qualificação da infraestrutura.

“O bairro Pedra Branca está sendo construído sob os conceitos do urbanismo sustentável, e a mobilidade urbana e a qualidade de vida estão inseridos nestes conceitos”, argumenta o engenheiro civil Ramiro Nilson, Gestor de Infraestrutura.  da Pedra Branca. O princípio do empreendimento é possibilitar morar, trabalhar, estudar e se divertir ao alcance de uma caminhada – ou de uma pedalada. E, por isso, as ciclofaixas sempre foram consideradas no planejamento de cada nova etapa do empreendimento.

A rede acaba de ser ampliada em mais seis mil metros, elevando para 15 quilômetros a extensão total integrada. As ciclofaixas implantadas no bairro fazem parte de um contexto amplo, e todas têm o seu objetivo de mobilidade. Elas estabelecem a conexão para entrada e saída do bairro e para o deslocamento até as áreas comercias da Pedra Branca e dos bairros adjacentes. E, ainda, permitem o uso recreativo, com dois circuitos integrados sugeridos: o leve, com 3.225 metros de extensão, e o pesado, com 4.567 metros, para quem deseja praticar um exercício mais intenso.

A entrada e a saída do bairro, por ciclofaixas, acontecem a partir do: * Portal Eldorado, dando acesso à rua Cruz e Souza, ao bairro Eldorado e à rodovia BR 101; 
* Portal do Passa Vinte, dando acesso às avenidas da Integração e Atílio Pagani, à Prefeitura e ao Shopping Via Catarina, em Palhoça;
* Portal Buganvillia, dando acesso à rua João Bernardino da Rosa e a diversos residenciais situados na região;
* Portal Aeropark, estabelecendo a conexão com a Rodovia SC 281, o Shopping Continente, em São José, e a rodovia BR 101.

Os moradores e visitantes são convidados a experimentarem a rede de ciclofaixas, tanto para se exercitarem como para deslocamento e para fazer compras. O estímulo está também nas ruas compartilhadas do Passeio Pedra Branca, que exigem a redução da velocidade dos veículos em função da utilização das vias também por pedestres e ciclistas. “Sempre solicitamos aos motoristas que mantenham o devido cuidado com as bicicletas e que evitem, a todo o custo, estacionar os carros sobre as ciclofaixas”, enfatiza Ramiro.



Comentários