1 /3

Pedra Branca: há duas décadas construindo uma cidade para pessoas

 

A Cidade Pedra Branca é referência internacional por sua proposta pioneira, no Brasil e América Latina, reconhecida como novo marco em projetos urbanos para a iniciativa pública e privada. O conceito de urbanismo sustentável aplicado aos empreendimentos atraiu a atenção do mercado, da academia e de instituições de diversos países, rendendo honrarias, premiações, certificações e projeção internacional. Esta conquista é fruto de um minucioso planejamento e da visão de futuro dos seus empreendedores, a Família Gomes, que, há 20 anos, vêm construindo uma cidade para pessoas no coração do município de Palhoça, na região da Grande Florianópolis, em Santa Catarina.

 

O primeiro passo foi planejamento de um bairro na área de 250 hectares, com um total de 2.300 lotes, a partir do plano diretor desenvolvido pelo escritório Vigliecca & Associados, comandado pelo arquiteto uruguaio naturalizado brasileiro Héctor Vigliecca. E a ‘visão de futuro’ dos empreendedores envolveu não apenas a percepção das tendências do mercado imobiliário, mas a compreensão de que a sustentabilidade, a cooperação e a colaboração eram conceitos-chave para o sucesso da empreitada. Uniram-se a importantes parceiros comerciais e institucionais, voltaram-se aos estudos e às pesquisas mundo afora e contrataram a consultoria dos melhores especialistas.

Assim, realizaram, há dez anos, um inovador processo de cocriação multidisciplinar (metodologia conhecida como Charrete) para construção do plano diretor da Cidade Pedra Branca sob os preceitos do Novo Urbanismo. A proposta era a criação de uma nova centralidade de bairro, mais compacta, mais densa, mais completa e mais conectada. E com infraestrutura completa, minuciosamente planejada para oferecer a oportunidade de morar, trabalhar, estudar, fazer compras e se divertir em um só lugar.

 

Naquela oportunidade, conduzidos pela equipe do escritório norte-americano DPZ Latin America, um dos mentores deste movimento, os titulares de 11 escritórios de arquitetura e urbanismo de referência na Grande Florianópolis contratados pela Pedra Branca reuniram-se na sede do empreendimento para planejarem, juntos, o que viria a tornar-se a Cidade Pedra Branca de hoje (e a que virá a ser nos próximos anos).

Consultores nacionais e internacionais também participaram do processo; dentre eles, o arquiteto e urbanista dinamarquês Jan Gehl, referência mundial na requalificação de espaços públicos, e o arquiteto e urbanista brasileiro Jaime Lerner, considerado o ‘guru’ do urbanismo brasileiro. Referências de três laboratórios de pesquisas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) igualmente foram consideradas.

A Cidade Pedra Branca conta com a chancela do conselho nacional de prédios verdes (GBC Brasil). A partir do seu planejamento, em 2025 o empreendimento deverá comportar 30 mil habitantes em uma área de 1,7 milhão de metros quadrados e gerar, aproximadamente, 15 mil empregos.

 

De uma fazenda familiar a uma cidade para as pessoas.

Confira, na linha do tempo, os principais momentos da história da Cidade Pedra Branca 

1999
Transformação da fazenda familiar no bairro Cidade Universitária Pedra Branca, tendo o campus da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) como âncora.

2000
Início das obras da primeira etapa do empreendimento, a partir do projeto urbanístico do arquiteto Hector Vigliecca e equipe.

2003
Fundação do Grupo de Escoteiros Pedra Branca (GEPEB 23/SC).

2004
Fundação da Associação dos Moradores da Pedra Branca (AMO Pedra Branca) .

2005
Pesquisas sobre Novo Urbanismo e Urbanismo Sustentável.

Contratação do escritório DPZ Latin America, um dos mentores deste movimento.

2006
Inauguração do Colégio Visão Pedra Branca, oferecendo Ensino Fundamental e Ensino Médio

2007
Prêmio de Urbanismo, na Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires

2008
Prêmio Financial Times de Cidades Sustentáveis, em Londres

2009
Charrete com 11 escritórios de arquitetura e consultores internacionais contratados para criação do MasterPlan Pedra Branca.

2009
Convite da Fundação Bill Clinton, para integrar o programa de Clima Positivo, sendo o primeiro representante da América do Sul a assumir o compromisso de implantar soluções que ajudem a reduzir danos causados por gases do efeito estufa. Participação no encontro dos C40 em Seul, Coreia do Sul.

2010

• Parceria com Espírito Santo Property Brasil (ESPB), braço imobiliário brasileiro do Grupo Espírito Santo – um dos maiores do setor financeiro de Portugal

• Lançamento do Pátio da Pedra, primeiro condomínio da nova centralidade.

• Inauguração do Showroom Pedra Branca

• Fundação do Instituto de Apoio a Inovação, Incubação e Tecnologia da Palhoça (Inaitec), fruto da parceria firmada entre a Pedra Branca, a Unisul, a Prefeitura de Palhoça e a Associação Empresarial de Palhoça

2013

• Inauguração do Passeio Pedra Branca – o centro de compras a céu aberto do empreendimento, com mix variado de lojas, restaurantes e serviços em rua compartilhada. O projeto é assinado pela JA8 Arquitetura e Paisagem

• Inauguração do Hippo Supermercados no Passeio Pedra Branca

• Entrega do Condomínio Pátio da Pedra, projetado pelo escritório Marchetti Bonetti + Arquitetos Associados

• Entrega do Condomínio Pátio das Flores, projetado pelo arquiteto Nelson Teixeira Netto.

2014

Inauguração do edifício Office Green, projetado pelo escritório Desenho Alternativo, dos arquitetos André Schmitt e Daniel Rúbio, prédio Certificado LEED Gold.

Sede da Mostra Casa&Cia, nos edifícios Office Green e Orquídea, do condomínio Pátio das Flores

2015
Entrega do Smart Residence, projetado pelo escritório Desenho Alternativo, dos arquitetos André Schmitt e Daniel Rúbio

2016

• Inauguração do Atrium Offices, projeto certificado LEED® GOLD de autoria do arquiteto Roberto Simon. Prédio passou a abrigar a sede administrativa da Pedra Branca

• Lançamento do Aeropark Pedra Branca, loteamento empresarial e aeronáutico, pioneiro na região Sul do país. O projeto é da ARK7 Arquitetos

2017
Lançamento do Pátio Civitas, condomínio residencial e comercial projetado pela ARK7 Arquitetos

2018
Inauguração do Colégio Bom Jesus Pedra Branca, oferecendo Educação Infantil e Ensino Fundamental

2019
Inauguração do novo acesso Pedra Branca, ligando a rodovia SC 281 com o Passeio Pedra Branca

Ampliação do Colégio Bom Jesus, aumentando a capacidade de atendimento de 298 alunos para 700 alunos

Comentários