A Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT Brasil) promoveu o Seminário sobre Comunidades Planejadas, Loteamentos e Desenvolvimento Urbano (COMPLAN) para debater os desafios de grandes projetos urbanísticos, bairros e comunidades planejadas, loteamentos e condomínios.

O evento foi realizado em formato híbrido (online e presencialmente) e reuniu empreendedores do segmento da construção civil e os mais relevantes desenvolvedores urbanos do Brasil com o propósito de gerar negócios e reflexões sobre os diferentes aspectos das cidades planejadas.

Clarice Mendonça — Gerente de Marketing do Grupo Pedra Branca — empresa associada da ADIT, foi convidada para participar ao lado de Lorena Babot - Arquiteta e Urbanista da Habitasul (SC) do Jurerê Internacional do painel Placemaking na Prática com mediação de Jorge Pacheco da STATE. 

O painel apresentou aplicações e desdobramentos sobre Placemaking, uma abordagem inovadora com foco no planejamento, design e gerenciamento de espaços públicos. Na oportunidade, Clarice compartilhou a experiência de participar ativamente do desenvolvimento da Cidade Criativa Pedra Branca em um bairro-cidade modelo em planejamento urbano sustentável.

Insights do painel placemaking na prática

O conceito de placemaking propõe soluções para repensar a concepção dos ambientes urbanos. A organização do espaço aproveita os ativos, a inspiração e o potencial de uma comunidade local, com a intenção de criar espaços públicos que promovam a saúde, felicidade e o bem-estar das pessoas. 

Conheça os princípios de placemaking adotados no desenvolvimento da Cidade Criativa Pedra Branca: 

Vocação do lugar 

O planejamento urbano sustentável da Cidade Criativa Pedra Branca é inspirado no Novo Urbanismo. A definição da vocação do endereço foi o que norteou o seu desenvolvimento em um local voltado para a família, onde é possível morar, trabalhar, estudar e se divertir ao alcance de uma caminhada. Ao definir a vocação do lugar, o endereço ganhou uma nova centralidade com infraestrutura que proporciona o uso misto do espaço urbano, reunindo de forma integrada e acessível diversas opções de serviços e lazer e educação. Iniciativas que ajudam a movimentar a economia local, assim como proporcionam maior qualidade de vida a moradores e frequentadores. 

Estimular a vida na rua

A promoção de ações e eventos fazem parte da estratégia adotada na Cidade Criativa Pedra Branca para estimular a vida na rua, assim como a aplicação de gentilezas urbanas para desenvolver uma arquitetura urbana voltada para as pessoas. Esse tipo de iniciativa estimula a vida ao ar livre e o compartilhamento do espaço urbano para promover a convivência de uma comunidade diversa que contribui para o desenvolvimento de lugares acessíveis, dinâmicos e vibrantes

Relação com o entorno 

O uso misto do espaço urbano estimula a vida em comunidade, promovendo conexões que geram inovação e novos negócios naturalmente. A arquitetura pensada para as pessoas promove mudança de comportamento e senso de pertencimento. Além disso, as ações são planejadas em conjunto com os principais stakeholders envolvidos de forma colaborativa (moradores, lojistas e instituições), contribuindo para a formação da identidade cultural local. 

Relação público x privado x social

A Cidade Criativa Pedra Branca é reconhecida como novo marco em projetos urbanos para as iniciativas pública e privada. Busca envolver os principais stakeholders para contemplar a todos nas ações criadas. Cada experimentação no uso do ambiente urbano contribui para aperfeiçoar o planejamento urbano do bairro-cidade pensando nas necessidades das pessoas que moram, trabalham ou visitam o endereço.

Diante do futuro incerto e dos desafios da redescoberta do ambiente urbano no pós-pandemia, as cidades devem ser replanejadas para que seja possível retomar espaço nas ruas, adotando as medidas de segurança necessárias no novo normal. Nesse sentido, o conceito de Placemaking tem sido considerado uma tendência no futuro das cidades. 

Conheça a Cidade Criativa Pedra Branca, um case de sucesso de placemaking na prática.

Comentários