A Cidade Pedra Branca, bairro-cidade criado há 20 anos na Grande Florianópolis, é referência internacional em planejamento urbano sustentável. O endereço adota o conceito do novo urbanismo, recebendo inúmeras premiações pelas práticas inovadoras que proporcionam maior qualidade de vida aos moradores, visitantes e comunidade em geral. 

A criação de forma planejada, equilibrada, criativa, consciente e responsável, transformou o que era uma fazenda familiar em uma verdadeira cidade para pessoas no município de Palhoça, em Santa Catarina. Iniciativa inovadora da Família Gomes que seguiu o movimento global do mercado imobiliário e, desde então, investe no desenvolvimento de uma cidade voltada para as pessoas.

Inspirado em países de primeiro mundo, o projeto do bairro planejado Cidade Pedra Branca, contou com a consultoria dos melhores especialistas, entre eles os escritórios norte-americanos DPZ Latin America e Keystone, o brasileiro Jaime Lerner Arquitetura e Urbanismo e o dinamarquês Gehl Architects, especialista na criação de cidades para pessoas. 

Novo urbanismo: inspiração para planejamento urbano sustentável da Cidade Pedra Branca

O novo urbanismo é um conceito inovador que tem como objetivo promover o planejamento urbano focado em espaços urbanos mais humanos, a partir da criação de ambientes que priorizem o bem-estar e o desenvolvimento sustentável. 

A Cidade Criativa Pedra Branca implementa o conceito do novo urbanismo desde sua concepção, tanto na criação da nova centralidade do bairro como também no planejamento de novos empreendimentos. Em 1999, a família Gomes doou uma parte da fazenda para a Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). No ano seguinte, realizou um processo de cocriação multidisciplinar para construção do plano diretor da Cidade Pedra Branca. O inovador método colaborativo para desenvolvimento da Cidade Pedra Branca resultou em soluções criativas e projetos eficientes. 

A iniciativa contou com parceiros comerciais e institucionais, estudos e pesquisas pelo mundo e consultorias com especialistas. A proposta saiu do papel e ganhou vida. Hoje é reconhecida como um marco em projetos urbanísticos. Um empreendimento planejado para morar, trabalhar, estudar e se divertir em um só lugar.

Para aperfeiçoar o projeto e planejar a criação de novos espaços urbanos voltados para pessoas, em 2018, gestores e especialistas do Grupo Pedra Branca estiveram em Copenhage e Amsterdam para realização de uma visita técnica. A comitiva liderada empresário Valério Gomes, idealizador da Cidade Pedra Branca, reuniu ainda lideranças da Grande Florianópolis com objetivo de implementar o conceito de cidades para pessoas localmente e, assim, promover o desenvolvimento de novos projetos urbanos tanto para as iniciativas públicas como privadas.

Durante a viagem, foi possível vivenciar na prática os benefícios da adoção do conceito de cidades para pessoas implementado pelo arquiteto dinamarquês Jan Gehl, principal referência em temáticas referentes ao desenho urbano e aos espaços públicos humanizados. O roteiro turístico foi feito de bicicleta, para que os visitantes pudessem vivenciar a cultura e valores na prática. Reunimos os principais aprendizados desta viagem que serviram de inspiração para o desenvolvimento urbano sustentável da Cidade Pedra Branca. 

Conceitos do novo urbanismo que inspiram o planejamento urbano sustentável da Cidade Criativa Pedra Branca

Incentivo a vida ao ar livre

Estimular a convivência entre as pessoas por meio do compartilhamento do espaço urbano é o que torna uma cidade mais humana. Para isso, é preciso investir na criação de ambiente urbano acolhedor que promova a vida em comunidade e incentive as pessoas a caminharem mais e passarem mais tempo no espaço público convivendo em harmonia com a natureza. 

Reaproximar a natureza da cidade e da vida das pessoas ao disponibilizar espaços para prática esportiva e de lazer foi uma das maiores inspirações para aperfeiçoar o projeto da Cidade Criativa Pedra Branca. Após a visita técnica, o Grupo Pedra Branca idealizou a Arena Pedra Branca. A estrutura compreende um espaço esportivo ao ar livre, aberto ao público, com quadras de beach tennis e futevôlei, além de pistas de mountain bike e pump track, para os adeptos de ciclismo esportivo, viabilizado em parceria com lojistas e empresários da região.

Arquitetura pensada para as pessoas 

Planejar o desenvolvimento das cidades com foco nas pessoas para construção de endereços com infraestrutura compacta e espaços urbanos atrativos e funcionais é um dos preceitos do novo urbanismo. A criação de espaços urbanos mais humanos consiste no aproveitamento funcional dos espaços e uma infraestrutura compacta que garanta o protagonismo das pessoas no uso dos espaços urbanos.

Vocação para bicicleta e modais ativos

Uma infraestrutura compacta e acessível que prioriza o pedestre, facilitando a locomoção e permitindo deslocamentos a distâncias confortáveis para serem percorridas à pé ou por meio de modais ativos é a maneira de tornar as cidades mais humanizadas. Esse é o conceito de cidades caminháveis adotado no novo urbanismo para estimular o uso da bicicleta e outros modais ativos em detrimento do carro. 

Racionalidade e eficácia 

É essencial que o espaço urbano atenda às necessidades de seus habitantes, promovendo políticas públicas que sejam voltadas para a humanização das cidades, tornando-as mais justas, seguras e democráticas. Para isso, é imprescindível adotar soluções inovadoras na criação de espaços públicos pensados para o uso efetivo pelas pessoas, assim como no uso racional dos recursos naturais. 

Uma forte tendência é o desenvolvimento de empreendimentos que priorizam a qualidade de vida urbana, viabilizando o uso misto da rua para moradia e comércio, transformando a relação público e privada. Quanto mais pessoas utilizarem os espaços públicos, é possível constatar mais respeito e segurança pela cidade. 

Comentários