Caminhabilidade e mobilidade são conceitos que norteiam o planejamento de ações na Cidade Pedra Branca, referência internacional em planejamento urbano. Estes conceitos servem de premissa para a estruturação do sistema de estacionamentos integrados necessários a favor da mobilidade urbana que entrará em operação neste ano de 2020.

“O bairro já tem uma densidade em que ocorrem conflitos de espaço pelo uso de vagas de estacionamento. Assim, para fomentar a mobilidade e facilitar o acesso ao comércio local e às empresas instaladas no bairro, a Pedra Branca disponibilizará vagas de estacionamento no centro do bairro”, explica Ramiro Nilson, gestor de infraestrutura do bairro.  

Atualmente, a Cidade Pedra Branca possui uma população de 12 mil moradores, 8 mil trabalhadores e 6 mil estudantes, com uma centralidade que integra condomínios residenciais, edifícios comerciais, centro comercial e de serviços, escolas e universidade e áreas de lazer.

A dificuldade de localizar uma vaga para estacionamento faz com que as pessoas passem mais tempo no trânsito, o que provoca desconforto, irritação e prejudica a mobilidade urbana. Assim, em atenção ao conceito de caminhabilidade, os bolsões de estacionamento da Cidade Pedra Branca estarão distribuídos pelo bairro, oferecendo conforto e segurança para os frequentadores. Os pontos estarão interligados à rede de ciclovias do bairro, integrando o plano de mobilidade local. 

Conceito diferenciado

Serão oferecidas 274 vagas de estacionamento rotativo em ambientes privados, para carros e motos, sendo 173 vagas no Passeio Pedra Branca, nas áreas ao lado do supermercado e da academia de ginástica, e 101 vagas no primeiro subsolo do edifício Atrium. O acesso será facilitado, em sistema monitorado e seguro, com preços acessíveis e condições especiais para planos diários e mensais. 

Em um modelo diferenciado, o sistema de pagamento do estacionamento será descentralizado. Totens para pagamento com cartão serão posicionados no Edifício Atrium e na Praça Coberta do Passeio Pedra Branca. “O usuário poderá estacionar em um ponto e realizar o pagamento em outro local, o que favorece a mobilidade. Além disso, será possível, também, pagar o estacionamento pelo smartphone”, explica o empresário André Ostermann, diretor da SafePark Estacionamentos em Santa Catarina, empresa que administrará os estacionamentos da Pedra Branca. 

Selos promocionais poderão ser oferecidos pelos estabelecimentos do Passeio Pedra Branca aos seus clientes. “O cliente, ao fazer compras na loja, poderá receber uma bonificação pela sua fidelidade ou consumo, que poderá ser a liberação total ou parcial do valor do estacionamento”, explica André, referindo-se, respectivamente, aos dois tipos de selos oferecidos: o selo convênio e o selo parceria. O selo pode ser físico ou obtido por meio de um validador a ser instalado na loja. “O valor do selo será promocional nos primeiros 60 dias: serão tarifados em R$ 2,00 para as 3 horas iniciais”, detalha.

O sistema de bolsões de estacionamento integrados planejado pela Pedra Branca é inédito no país, de acordo com André Ostermann, especialista em parking e mobilidade urbana e atual presidente do Sindicato Intermunicipal dos Estabelecimentos de Garagens, Estacionamento, Limpeza e Conservação de Veículos (Sindepark-SC). “Sinto o maior orgulho de participar da criação desse primeiro case de mobilidade do país”, reforça. 

Serviço
Estacionamento Pedra Branca

Pontos

Passeio Pedra Branca (início cobrança 27/07)
* área ao lado do supermercado 
* área ao lado da academia de ginástica

Edifício Atrium - Rua Jair Hamms, 38 (início cobrança 20/07)
* primeiro subsolo 

Preço de lançamento:
R$ 3,00 – primeiras duas horas
R$ 3,00 para as horas subsequentes
Tolerância de 30 minutos 

Condições especiais na modalidade diária e mensalista e para a aquisição de selos de forma antecipada. 

Clientes do Hippo Supermercados terão isenção do pagamento conforme tabela de compra progressiva. 

Mais informações: comercial@ostermann.com.br

Comentários